Otimizando-URLs-de-ecommerce

O conceito de otimização já está na ponta da língua de muitos gestores de marcas, publicitários, e é claro, dos web designers que elaboram sites empresariais e trazem para o mundo virtual todas as possibilidades de compra e venda com os famosos e-commerces.

Embora o conceito esteja ganhando proporções cada vez maiores, poucos entendem realmente o funcionamento desse trabalho e a sua importância para as novas e velhas marcas do mercado, sejam elas do segmento de prestação de serviços ou comercialização de produtos.

E quando o assunto é otimização de e-commerces um detalhe importante deve ser frisado: a URL, que nada mais é que o endereço da sua loja na rede e não é menos importante que o endereço da loja física. Isso porque, é a partir dele que o internauta chegará ao site para visualizar todas as opções disponíveis e, é claro, dar início às suas compras on-line e, quem sabe, à famosa propaganda boca a boca!

Acompanhe as próximas informações e saiba mais sobre o assunto:

Usando URLs limpas

O primeiro passo para otimização da URL é a busca da máxima simplicidade e clareza. Isso significa que URLS “sujas”, repletas de siglas ou palavras em excesso não são viáveis para nenhum tipo de e-commerce. O internauta que está em busca de um produto ou serviço precisa de navegações cada vez mais práticas e intuitivas. Lembre-se de que URLs limpas possuem o poder de facilitar as pesquisas, além de organizar de forma lógica e precisa a estrutura do site.

Evitando pastas dentro de pastas

Outra tática para otimizar as URLs de e-commerce é evitar pastas dentro de pastas. O ideal é montar uma arquitetura de endereços que esteja focada na organização e que acabe com “empecilhos” na categorização quando ocorrer de um mesmo produto estar incluso em várias partes da loja virtual.

Keywords dentro da lógica de conteúdo

A lógica e o sentido também são importantes quando o assunto é otimização de URLs. Portanto, as palavras-chave devem estar alinhadas ao conteúdo, de maneira que todas as estratégias para posicionamento adquiram um contexto real e sejam interpretadas positivamente pelos algoritmos do Google. Apostar em palavras-chave sem nexo e sem relação com o que há no site é uma estratégia falha.

Existe um mito que permanece na mente de alguns analistas de SEO: o de aproveitar os termos mais pesquisados na busca orgânica e relacioná-los “falsamente” com o endereço do site para melhores resultados de indexação. Mas, trata-se, indubitavelmente, de um grande erro.

A título de exemplo: considere que sua empresa tenha o nome de “Balett Moda e Acessórios”, e seja especializada em produtos para o público praticante de ballet. A busca no Google para “sapatilha de ballet” é muito maior do que para “Ballet Moda e Acessórios”. Então, para melhor posicionamento deve-se utilizar o endereço sapatilhadeballet.com, correto?

Não! Errado.

O correto é deixar o endereço do site totalmente “autêntico” e apostar nas keywords como títulos de categorias e inseri-las no contexto do conteúdo.

Se você deseja investir na otimização do seu e-commerce, entre em contato com a MZClick Media. Será um prazer atende-lo!