tendencias-marketing-digital

SEO, Marketing de Conteúdo, Redes Sociais e outras estratégias

Não é novidade pra ninguém que a cada dia mais pessoas acessam a internet. Em 2012 o Brasil tinha 66 milhões de usuários e atualmente esse número já está em 105 milhões de internautas. A rede mundial de computadores, juntamente com a rede de dispositivos móveis, tornou-se uma mídia poderosa para as empresas que querem dar visibilidade para sua marca, manter e conquistar clientes.

Neste ano, a tendência é que as pequenas e médias empresas invistam mais no mercado online. Com um aumento crescente de computadores na casa dos brasileiros e o com o crescimento de acessos através de dispositivos como celulares, tablets e smartphones, o marketing digital tornou-se uma ferramenta indispensável para empresas de todos os portes.

Os números do marketing digital impressionam. Em 2013, 52% dos anunciantes encontraram clientes através do Facebook. O Linkedln gerou novos clientes para 43% dos profissionais de marketing entrevistados. Empresas com blogs geram 67% mais leads do que as que não possuem, enquanto as Landing Pages com vídeos geram 86% a mais de conversão. Testemunhos de clientes aumentam a conversão em até 89%. Com tantos números favoráveis, torna-se fundamental investir em marketing digital para visibilidade e fortalecimento da marca da sua empresa.

Acompanhe as próximas informações e conheça algumas tendências da área para esse ano.

Marketing de conteúdo

As empresas que querem fortalecer a sua marca e conquistar a confiança dos consumidores devem investir em conteúdo com informações relevantes sobre o mercado que esclarecem ou entretêm o público, além de agregar valor e levar informação ao dia a dia das pessoas.

Apostar em blogs e mídia sociais é uma forma de permitir que a empresa construa progressivamente uma comunicação com seu público-alvo e dessa forma conquiste a confiança e preferência das pessoas.

Estratégias mais eficientes

Em 2014, as estratégias de remarketing ou retargeting serão muito utilizadas. Essa ferramenta funciona através da utilização de cookies do navegador para rastrear os sites que os usuários visitam. Uma vez que eles acessem um local, os produtos ou serviços vistos serão mostrados a eles novamente em anúncios em diferentes websites.

Indicações sociais ganham mais importância

As menções em redes sociais exercem forte influência sobre os internautas. Desta forma, o trabalho de SEO será mais valorizado. O objetivo dos buscadores é fornecer aos usuários conteúdo relevante, portanto faz sentido que eles levem em consideração o número de menções que um artigo postado em um blog ou produto em loja virtual recebeu. Mas é preciso ficar atento às modificações futuras nos mecanismos de buscas como o Google e não ser pego desprevenido.

Links patrocinados

A disputa entre Google e Facebook continua acirrada em 2014 na área dos links patrocinados. O AdWords tem perdido espaço para os Facebook Ads. Para superar isso, a Google está investindo em recursos mais sofisticados com um poder de segmentação cada vez maior. Os custos com veiculação de publicidade online devem aumentar devido à procura maior por parte de pequenas e médias empresas.

Redes sociais ainda mais ativas

As eleições presidenciais e a Copa do Mundo devem movimentar mais ainda as redes sociais neste ano. Esses serão os assuntos mais comentados no período que vai de maio a agosto. O comércio eletrônico deve ampliar sua ação nas mídias sociais integrando-as às plataformas de e-commerce e a tendência é que se torne cada vez mais sofisticado.

O poder da informação

O Big Data tende a se tornar cada vez mais importante para o planejamento e definição das estratégias de marketing digital. Ferramentas no Google Analytics o deixaram mais completo, permitindo obter mais detalhes e informações sobre os acessos nos sites e os resultados de campanhas de marketing online. A tendência é que novos avanços aconteçam e até mesmo sistemas de inteligência artificial, conhecidos como redes neurais, sejam mais presentes nas ferramentas de marketing online.

Mobile marketing

Estruturar campanhas de marketing digital com suporte para dispositivos móveis será essencial devido ao uso generalizado e crescente desses aparelhos. Segundo pesquisa da eMarketer 61,8% dos brasileiros se conectam a internet através de smartphones. É importante proporcionar uma experiência positiva aos usuários que estão navegando por um dispositivo móvel. A marca que não optar por esse caminho pode perder clientes para os concorrentes que se adaptarem a essa tendência.

Email marketing

A segmentação nas campanhas de e-mail marketing é uma das tendências para esse ano. Ele deixa de ser um veículo de comunicação de massa e passa a ser mais uma ferramenta de marketing de relacionamento com característica mais personalizada e segmentada. As campanhas digitais focadas na preferência do consumidor farão toda a diferença na hora da escolha da marca para adquirir algum produto. As peças publicitárias terão que se adaptar à realidade responsiva.

Mais tendências

A estimativa é que os orçamentos destinados a ações em mídias sociais devem dobrar nos próximos cinco anos. Aproximadamente 50% das empresas já possuem estratégias para marketing de conteúdo. As estratégias de SEO continuarão a ser essenciais para qualquer negócio.