Google Acesso à Internet

A empresa de internet norte-americana Google revelou que tem como meta, para os próximos meses, investir mais de um bilhão de dólares (especula-se algo entre um e três bilhões) na sua já existente frota de satélites para levar acesso à internet a locais isolados do planeta, segundo revelou, no último domingo, o periódico estadunidense The Wall Street Journal.

Os detalhes do projeto ainda serão divulgados em sua totalidade, mas, a princípio, tem-se notícia que o Google irá começar o seu ambicioso projeto com 180 pequenos satélites em órbita, mas sobrevoando em altitudes menores do que as tradicionalmente planadas por satélites convencionais, podendo amplificar esse cálculo orbital posteriormente, conforme fontes ligadas à empresa revelaram.

Projeto ambiciona chegar a locais sem conexão

A proposta é similar aos testes que o Google realizou, no passado, intitulado de “Loon”, que evidenciava a tentativa em levar a conexão com a internet para as áreas mais remotas do mundo com o auxílio de balões, que atuavam mais como transmissores de sinais.

Com um projeto remodelado, o Google já apresentava pistas do seu novo plano ao ter efetuado a compra da fabricante de drones (aeronaves controladas à distância) Titan Aerospac – cujo valor não foi revelado. A partir daí, protótipos que funcionavam por meio de energia solar e podem ficar a 20 quilômetros de altura por até cinco anos, foram produzidos.
Além disso, esses protótipos podem cumprir grande parte das tarefas realizadas por satélites geoestacionários, com a diferença de serem muito menos onerosos.

“A conexão da internet significativamente melhora as vidas das pessoas. Ainda assim, dois terços do mundo não têm nenhum acesso” disse uma porta-voz do Google. Sobre o andamento do projeto do qual a sua empresa está à frente, disse que “ainda é cedo, mas os satélites atmosféricos podem ajudar a levar acesso à internet a milhões de pessoas”.

De qualquer forma, a expectativa é alta para o projeto idealizado pela empresa norte-americana Google, que está à procura de uma forma econômica e, ainda assim, eficiente para levar a internet para as áreas mais remotas do planeta Terra. A solução pode residir nos drones que ficarão em órbita, a uma altura inferior do que os satélites convencionais, mas nada mais pode ser afirmado, no momento, até que novos detalhes sejam revelados pela própria empresa.

Você também pode levar seu produto ou serviço a qualquer lugar com a ajuda dos Links Patrocinados. Confira como a MZclick pode te ajudar com as suas campanhas online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *