Instagram: O início de uma nova publicidade?

Com a compra do Instagram pelo Facebook, no ano de 2012 por cerca de US$ 1 bilhão, o próximo passo está para ser dado: a famosa rede social de imagens – vídeos e principalmente fotos – irá começar a exibir anúncios brevemente. É Mark Zuckerberg, mais uma vez, tentando faturar – alto! – sobre seus produtos, em uma estratégia análoga à praticada no Facebook.

Marketing via imagens de impacto

O Instagram, como sabemos, é uma rede social baseada nos aspectos visuais. Então, a busca por anunciantes seguirá essa linha, com a inserção de propagandas que mantenham a linha de ação da plataforma, isto é, anunciando por meio de conteúdos via imagem, com apelo claramente emocional.
O Instagram tenta, com isso, não perder seus usuários que, claramente, apreciam o fato de a rede não contar com os incômodos anúncios que proliferam em locais como o Facebook, por exemplo. Segundo a declaração oficial, a promessa é fazer com que os anunciantes agreguem somente conteúdos “divertidos, belos e criativos”.

As empresas estão prontas para esse formato de marketing?

Segundo o Instagram, por mais que ainda seja algo novo para os anunciantes, será muito motivador que se adaptem à nova plataforma, já que o público é imenso – mais de 150 milhões de pessoas inscritas – ou seja, é uma imensa massa de pessoas, aptas a consumir. A expectativa é tamanha, que especialistas em mercado já afirmam que o lucro da empresa deverá ser de US$ 400 milhões, em um período de até 4 anos.
Inclusive, quando começou a apresentar anúncios, no mês de outubro de 2010, o Twitter tinha “apenas” 50 milhões de usuários.

Um público sensível ao assunto

Entretanto, a audiência parece não concordar com tal equação, ou seja, quando a informação dos anúncios no Instagram começou a ganhar o mercado, as reclamações vieram em peso.
Isso se deveu, sobretudo, porque pretendiam utilizar os dados pessoais dos perfis – nome, curtida, entre outros – para rastrear quais seriam as publicidades e promoções mais interessantes. O Instagram acabou revendo essas ações previstas.

Implementação estratégica de marketing

O Instagram tem tido muito cuidado nessa nova tentativa de monetização com a rede social. Então, começou com vídeos de 15 segundos, tempo semelhante ao da TV. Foi um sucesso de público e anunciantes. O Instagram disponibilizou espaço publicitário gratuitamente.

Aspectos principais da publicidade via Instagram

As premissas desses anunciantes para o Instagram serão as seguintes:

  • Toda peça de publicidade deve seguir o padrão das imagens e vídeos das marcas curtidas por aquela pessoa;
  • Haverá ferramenta que possibilitará ocultação dos anúncios, com uma pergunta para que o usuário manifeste sua opinião, revelando o porquê de não vê-los;
  • A presença de anunciantes será controlada. Apenas as empresas com grande presença no Instagram poderão fazer anúncios. Caso contrário, a timeline do usuário ficaria repleta de publicidade, afastando-o da rede social.

Querendo aproveitar as redes sociais para divulgar sua marca? Saiba como anunciar no Facebook.