Tenha uma boa leitura! =)

> Precisa da nossa ajuda? Conheça nossa agência de inbound marketing .

O marketing digital para e-commerce proporciona mais visibilidade no universo dos negócios online e, com isso, aumentam as oportunidades de vendas. Ele abrange várias estratégias para alcançar o público-alvo, fortalecer a imagem da empresa, acelerar as vendas da loja virtual e conquistar fãs da marca, que ajudam a promover os negócios, a partir do compartilhamento de experiências positivas com o e-commerce. 

Por que investir em marketing digital para e-commerce?

Neste artigo, apresentamos 6 razões para você tomar esta decisão.

1. Posicionamento estratégico na web

O crescimento dos negócios online é uma tendência mundial. Por isso, o marketing digital para e-commerce é essencial para melhorar o posicionamento da loja na web. A empresa precisa aparecer com destaque em sites de busca, nos portais e mídias sociais mais relevantes para o público-alvo. Isto gera tráfego para a loja online. 

2. Conquistar notoriedade no mercado

A produção de conteúdo de qualidade para o blog corporativo e mídias sociais; e a publicidade online ajudam a consolidar a imagem do e-commerce, tornando-o uma referência no mercado. Dessa forma, o valor percebido pelo público-alvo é maior. A confiança e a credibilidade são vitais para as conversões comerciais online.  

3. Potencializar oportunidades de vendas

O investimento em marketing digital gera mais tráfego para a loja virtual. É um trabalho planejado para alcançar consumidores com interesse e potencial de compra. As estratégias de marketing digital evidenciam a presença do e-commerce em todas as etapas da jornada de compra. 

4. Conhecer o perfil do público-alvo

Os gerenciadores das plataformas (site, blog, mídias sociais, automação de e-mail marketing, call tracking, entre outros meios) fornecem dados que ajudam a conhecer melhor o perfil do público-alvo e, dessa forma, planejar ações mais consistentes, com soluções que correspondam às necessidades e desejos dos consumidores. 

5. Realizar campanhas segmentadas

Definir o perfil do público-alvo é importante para estratégias de marketing segmentadas. No entanto, se o e-commerce ainda não possui um estudo sobre o perfil dos clientes, é possível obter esses dados à medida que o marketing de conteúdo começa a atrair mais visitantes para o site, blog e mídias sociais. Campanhas segmentadas são mais econômicas e proporcionam melhores resultados.  

6. Otimizar o investimento em marketing

O planejamento realizado por uma agência de marketing digital para e-commerce consiste na elaboração de orçamentos personalizados para cada empreendimento. É possível explorar diversas estratégias, mesmo que o orçamento da empresa ainda não seja robusto. Mas o empreendedor deve considerar que não se tratam de meras “despesas”, mas sim de um investimento com retorno garantido. Se o site não estiver otimizado para SEO, por exemplo, dificilmente aparecerá com destaque em sites de busca. Sem links patrocinados para e-commerce, a presença do negócio, na web, é extremamente limitada. 

Entendeu a importância do marketing digital para e-commerce? É um investimento imprescindível ao empreendedor que deseja faturar mais com as vendas online. 

Agora, vamos apresentar as principais estratégias de marketing digital para turbinar os resultados do e-commerce. 

Inbound Marketing

Corresponde ao conjunto de estratégias de marketing digital voltadas para dinamizar o tráfego de visitantes na loja virtual, blog e mídias sociais, com foco na conversão (aquisição de clientes e vendas). É um plano integrado, ou seja, envolve diversas ações de marketing digital, para propiciar qualidade e continuidade da comunicação e relacionamento entre a marca e o público-alvo, por meio do site, blog, redes sociais e atendimento online. 

Marketing de conteúdo

O objetivo do marketing de conteúdo é consolidar a marca como uma referência para o mercado consumidor, um e-commerce que agrega conhecimento sobre temas relacionados ao seu campo de atuação, sem conotação publicitária, mas com a finalidade de educar o público-alvo que busca soluções e satisfação ao realizar um desejo. O blog corporativo, mídias sociais e e-mail marketing são alguns dos meios utilizados para a distribuição de conteúdo. Contudo, não é um “conteúdo qualquer”, é pensado para cada fase do funil de vendas ou para outros objetivos estratégicos como, por exemplo, o fortalecimento da imagem do e-commerce. 

SEO para e-commerce

As técnicas de SEO (Search Engine Optimization) são úteis para ranquear o site e demais canais digitais, em redes de busca como o Google. Uma plataforma (e-commerce) otimizada para SEO, bem como os conteúdos distribuídos na web, tem mais chances de ser encontrada pelos robôs dos sites de busca. Uso de palavras-chave, URL (endereço eletrônico) amigável, design criativo, intuitivo e mobile (adaptável aos dispositivos móveis), conteúdo de alta qualidade para o público-alvo são alguns fatores que favorecem o ranqueamento orgânico (espontâneo, sem links patrocinados) do e-commerce.

Automação de e-mail marketing

É uma ferramenta muito útil ao e-commerce, porém, não basta disparar um volume grande de e-mail marketing e ficar com os braços cruzados aguardando o retorno. Não! A automação do e-mail marketing possibilita o disparo de conteúdo para listas segmentadas, em momento oportuno. O sistema fornece informações relevantes para a análise de resultados, tais como a taxa de abertura do e-mail e a taxa de conversão (acessos aos links; visitas ao site) e outras formas de contato com a empresa. 

Mídias Sociais

O plano integrado de marketing digital deve incluir as mídias sociais relevantes para o negócio, ou seja, aquelas que são mais usadas pelo público-alvo do e-commerce. Isto envolve pesquisa, testes de performance, análise de resultados, gestão de conteúdo e identificação de oportunidades. O gerenciamento cuidadoso das mídias sociais contribui para popularizar e atrair mais visitantes para a loja virtual. As mídias sociais são canais de relacionamento com o público-alvo, porém, elas podem (e devem) ser usadas para turbinar as vendas. O que não convém é poluir o feed de notícias com “panfletagem virtual”. A distribuição de conteúdo relevante e anúncios deve ser planejada para não causar efeitos negativos, como saturação e antipatia contra a marca.  

Marketing de performance

A agência de performance tem como meta aumentar o número de clientes e, consequentemente, impulsionar as vendas e o faturamento do e-commerce. Para isso, a estratégia envolve anúncios no Google Ads, Facebook Ads (incluindo Instagram e WhatsApp), LinkedIn Ads e o SEO.
Com planejamento, é possível alcançar excelentes resultados com os links patrocinados (anúncios pagos), sem comprometer o orçamento mensal do e-commerce. É um investimento com retorno garantido, mas exige profissionalismo no gerenciamento das campanhas para usar os recursos financeiros com equilíbrio. 

Call tracking

Outra forma de avaliar quais ações de marketing digital estão gerando contatos telefônicos para o e-commerce, é o sistema Call Tracking. Com este software é possível adicionar um botão, nas mídias usadas pelo e-commerce, para que o usuário faça uma ligação telefônica, caso queira falar diretamente com um colaborador da empresa. Ao contratar este serviço, a empresa poderá acessar o painel e consultar ligações perdidas ou ouvir, novamente, as mensagens gravadas, no prazo de 30 dias.

Consultoria e treinamento

O conhecimento sobre marketing digital é indispensável para o desenvolvimento do plano de ações. Um curso de SEO na prática, por exemplo, ajuda a entender melhor os benefícios que esta estratégia proporciona ao e-commerce. O ideal é contar com a consultoria e os serviços de uma agência especializada. 

O marketing digital para e-commerce pode propiciar excelentes resultados ao negócio, desde que o trabalho seja realizado por quem possui conhecimento e experiência no assunto. 

O fluxo de informações na web é imensurável, instantâneo e dinâmico. O empreendedor que não investe em marketing digital, em pouco tempo, perderá espaço para os concorrentes. O marketing digital possibilita que a empresa esteja presente na vida do público-alvo 24 horas por dia, durante o ano todo. Ao contrário do comércio tradicional, com loja física, no e-commerce o consumidor só precisa de alguns cliques para encontrar a concorrência. 

Então, por que não aproveitar todas as oportunidades para vender e faturar mais? Fale com a MZclick

Aumentar a taxa de conversão