Remarketing Google x Retargeting Facebook

Quando falamos de marketing digital é impossível não falarmos de remarketing ou retargeting. Antes de mais nada, é importante que saibamos o significado desses termos e como eles funcionam.

Retargeting é uma estratégia que identifica os visitantes do seu e-commerce e permite que você reapareça para eles em outras plataformas, como por exemplo, o Facebook. Já o remarketing, tem a mesma estrategia do retargeting, reaparecer para usuários que acessaram seu site, entretanto, é feito pela ferramenta Adwords, do Google.

Entenda um pouco mais as vantagens e diferenças de cada um:

O Remarketing do Google

O remarketing do Google consiste em exibir anúncios para pessoas que acessam seu site em outros sites/blogs que eles navegam, desde que esses sites façam parte da rede de parceiros Google. Segundo dados da Comscore (2013), a rede do Google alcança 90% dos usuários da Internet em todo o mundo e inclui mais de 2 milhões de sites de editores, dentre eles podemos citar grandes portais como: Youtube, UOL e Gmail.

No caso do remarketing, você pode segmentar para exibir seus anúncios em qualquer site da rede Google que seus usuários acessaram ou combinar com outras segmentações, como: palavra-chave, tópico, interesse, local ou idioma, canal, ou características demográficas.

Pode criar anúncios gráficos, anúncios textuais, anúncios animados e até mesmo anúncios personalizados, exibindo os últimos produtos visualizados pelos usuários em formato de banner.

O Retargeting do Facebook

O retargeting do Faceboook, também conhecido como Públicos Personalizados, consiste em exibir anúncios para pessoas que acessaram seu site enquanto elas navegam no Facebook.

No retargeting do Facebook o seu anúncio pode ser filtrado e ser exibido de acordo com requisitos predefinidos, como: idade, sexo, cidade e interesses. Um bom exemplo seria um famoso restaurante romântico da capital, que decide fazer uma promoção para o Dia dos Namorados. O Facebook possibilita que esse anúncio seja exibido para apenas homens e mulheres entre 18 e 25 anos que estejam num relacionamento sério e sejam da cidade de São Paulo e que já tenham tido contato com sua marca anteriormente.

Ao utilizar essa estratégia é importante identificar se o seu público-alvo costuma utilizar o Facebook, levando em consideração que o seu anúncio aparecerá somente na rede social. O mais interessante é que você pode realmente engajar e interagir com o cliente, visto que ele pode comentar, compartilhar e curtir seu anúncio, além de poder divulgar a sua página do Facebook para usuários potenciais.

Retargeting Facebook x Remarketing Google

Ambas estratégias permitem que você defina se seu anúncio será pago através de CPC ou CPM, mas, para isso, você deve identificar o principal objetivo do mesmo. O CPC (custo por clique) é o lance máximo que o anunciante estabelece por cada clique. Ele só efetua esse pagamento, se o usuário clicar no seu anúncio. O CPM (custo por mil impressões) é o valor destinado a mil exibições dos seus anúncios no Google.

Ambas ferramentas são de extrema utilidade e podem oferecer bons retornos. Quando o objetivo de uma empresa é impulsionar suas vendas ou exposição da marca, a opção mais indicada é o Google Adwords, pois é responsável por promover um volume elevado de acessos e cliques, uma vez que a exposição dele engloba boa parte dos sites. Já o Facebook Ads, se torna interessante quando o branding, a fidelização de marca e relacionamento com o cliente forem o alvo. É extremamente interessante combinar as duas estratégias, expondo sua empresa o máximo possível no universo digital.

Dicas Úteis

Dentre algumas dicas importantes, estão: o cuidado com o excesso de exibições para um determinado usuário, pois mais do que 10 visualizações podem cansá-lo. A preocupação em ter boas Landing Pages, afinal, um belo anúncio precisa levar o visitante para uma boa home. (Isso o auxilia a localizar melhor o que ele procura). E principalmente criar anúncios específicos para cada público. É necessário estar o mais próximo possível do objetivo do usuário. Se ele acessou a página de um produto específico, é muito mais inteligente oferecer um desconto neste produto, do que oferecer qualquer outro. Ao pesquisá-lo diretamente, o visitante mostra um estágio mais próximo da compra e cabe a você, impulsioná-lo para o próximo passo. Fique atento a esses detalhes, eles são a alma do seu negócio.

[rev_slider cta-planejamento]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *