A importância de captar mais leads

É comum no marketing digital ouvir falar sobre a “geração leads”. Mas, afinal o que são leads?

Lead nada mais é do que um contato qualificado de um usuário que demonstra através de algum meio digital, o seu interesse num produto ou serviço. Logo, a função de “gerar leads” consiste no processo de qualificar outros contatos, gerando através deles, novas oportunidades de negócios para sua empresa.

A geração leads é o resultado de uma landing page bem criada. Nela, você atrai o usuário e tem a tarefa de convencê-lo a deixar seu e-mail, nome e qualquer outra informação que sua empresa considere relevante.

A importância de gerar leads

Essa é uma das etapas mais importantes, pois, a partir dela é que a empresa inicia o processo de atrair e levantar informações dos possíveis clientes. Através da geração de leads você consegue mais visibilidade na internet e constrói um banco de dados confiável.

Com esse banco de dados “em mãos”, sua empresa consegue trabalhar mensagens específicas para atrair e educar esses leads para que se tornem clientes. A ideia é realmente gerar leads potenciais que possam ser trabalhados posteriormente através de diversas estratégias de inbound marketing.

Etapas para geração de leads

O primeiro passo deve ser o planejamento geral. O ideal é que a empresa construa sua lista baseada no interesse dos leads em relação aos produtos ou serviços, mas que tenha consciência que esse investimento traz resultados a longo prazo.

A etapa mais importante é atrair os leads, para isso, procure oferecer algo de valor ao seu público. Pode ser um e-book, um conteúdo exclusivo, um desconto especial, enfim, é necessário identificar o que despertaria real interesse dos seus usuários.

Após identificar esse material e produzi-lo, é importante criar as chamadas landing pages. Nelas você transmite seu conteúdo através de um troca de informações com o usuário. Por exemplo, se você deseja captar e-mails de potenciais clientes e para isso criou um super e-book com informações pertinentes ao público que eles pertencem, deixar o e-book disponível e o local para inserção do e-mail fora do alcance de visão, certamente fará com que o seu usuário leia o seu material e não se cadaste, correto? É nesse momento que a landing page entra em ação! Crie uma página com uma breve descrição do e-book, com um conteúdo que chame a atenção aos assuntos que serão abordados, e depois insira um breve formulário, cujo deve ser preenchido pelos usuários, para que eles então possam ter acesso ao conteúdo exclusivo, no caso, o e-book.

Lembre-se também que o design da oferta deve ser objetivo e funcional para que o visitante seja atraído a preencher o formulário com suas informações – não exagere na quantidade de informações ou desfoque os usuários do seu objetivo. Também é válido e inteligente direcionar o lead para páginas de agradecimento após a conversão, pois nelas podem ser acrescentadas outras ofertas de possível interesse do visitante.

Outra dica importante é que não basta apenas gerar leads, mas sim identificar quais deles realmente correspondem ao perfil da sua empresa. Produza conteúdos específicos conforme o lead evolui dentro do funil de vendas e vá “educando-o” para que ele esteja pronto para consumir seus produtos ou serviços.

Todos esses passos garantem a geração de uma lista de leads qualificada e com melhores resultados de conversão, dando mais eficiência a implantação do marketing digital na sua empresa.
[rev_slider cta-cliente-fiel]

cliente-fiel-marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *