Tenha uma boa leitura! =)

> Precisa da nossa ajuda? Conheça nossa agência de inbound marketing .

O marketing de conteúdo para e-commerce é uma das estratégias de marketing digital. Tem como objetivos atrair, converter, conquistar, encantar e fidelizar o público-alvo do e-commerce. Para isso, a agência de marketing digital produz conteúdo – artigos para o site, blogs e mídias sociais; e-books; landing page (página temporária com alguma oferta relevante); white paper (conteúdos avançados); e-mail marketing; storytelling com texto, imagens, vídeos e áudios; entre outros conteúdos atrativos e interessantes para a sua persona.

O plano integrado de marketing de conteúdo envolve pesquisa, gestão e análise de resultados. Por isso, é importante que esse trabalho seja realizado por profissionais qualificados e experientes. Caso contrário, o empreendedor terá mais dificuldade para ganhar visibilidade no universo de negócios online, cada vez mais concorrido. 

Como funciona o trabalho da agência de marketing de conteúdo para e-commerce?

Para explicar, destacamos 6 atribuições de uma consultoria especializada em marketing digital:

1. Planejamento Estratégico

Este é o primeiro passo. O plano de marketing de conteúdo contém as metas e objetivos que o e-commerce deseja alcançar, entre os quais, podemos destacar sete pontos essenciais: atrair mais visitantes para a loja virtual; captar leads para o negócio; aumentar as oportunidades de vendas; melhorar o posicionamento do e-commerce nos sites de busca por palavras-chaves; fortalecer a imagem da empresa; conquistar promotores da marca; nutrir o relacionamento com os clientes, pós-venda.  Neste processo, é necessário, inclusive, analisar os pontos fortes e fracos dos principais concorrentes, em relação à comunicação e marketing digital de marcas que disputam o mesmo filão de mercado. O planejamento possibilita a melhor gestão do orçamento destinado ao marketing digital da loja virtual.  

2. Definição da persona

A persona é um elemento essencial à estratégia de marketing de conteúdo. As personas do negócio são personagens que representam os principais perfis do público-alvo. Estas personagens têm nome, história de vida, necessidades, desejos, desafios, expectativas. 

É preciso entender qual é o perfil do público-alvo do empreendimento para criar os conteúdos adequados a cada fase da jornada de compras. Esta é uma das atribuições da agência de marketing de conteúdo para e-commerce: definir a persona (ou personas) do negócio para realizar uma comunicação assertiva e envolvente. As personas ajudam a desenvolver a empatia entre a marca e o público-alvo. É como falar, “olho no olho”, com o consumidor que a empresa deseja conquistar, propondo soluções criativas ou despertando o desejo de uma compra. 

3. Escolha dos canais

O site do e-commerce é um espaço dedicado às transações comerciais. Os meios mais utilizados para gerar tráfego para o site e fortalecer a presença da marca na web são o tráfego pago, ações de SEO, blog (conteúdo) e as mídias sociais. O papel da agência de marketing de conteúdo para e-commerce é pesquisar quais são os melhores canais utilizados pelo público-alvo do negócio. Dessa forma, é possível produzir conteúdo específico e segmentado. Enquanto o proprietário do e-commerce administra os negócios, a agência gerencia o tráfego pago, projeto de SEO, blog, mídias sociais, e-mail marketing, produz conteúdo e analisa os resultados. Ao identificar os canais digitais mais relevantes, a agência de marketing de conteúdo ajuda a construir o plano de links patrocinados para e-commerce, por meio do Google Ads, Facebook Ads, entre outros meios. 

4. Produção de conteúdo

Depois de criar as personas e escolher os canais digitais, a agência de marketing de conteúdo elabora o calendário editorial para cada etapa do funil de vendas. Conteúdo para o público-alvo que ainda não possui um objetivo de compra (topo do funil), mas chegou aos canais digitais do e-commerce, atraído por alguma publicação; para as pessoas que têm clareza sobre uma necessidade ou desejo de compra e já estão pesquisando produtos ou serviços (meio do funil) e para os leads qualificados (clientes em potencial), que estão preparados para tomar uma decisão de compra (fundo do funil) e passam a considerar a marca, entre as suas principais opções.  

É importante ressaltar que o papel do marketing de conteúdo não é criar conteúdo puro de publicidade e propaganda, mas “falar” com autoridade e conhecimento sobre temas relacionados ao ramo do negócio, conquistando a confiança e a credibilidade do público. O trabalho abrange a pesquisa de palavras-chaves, elaboração de briefing, produção de textos, seleção de imagens, edição de vídeos e áudios, agendamento de publicações, monitoramento e análise de resultados. 

Outro ponto importante é a aplicação de SEO para e-commerce com a finalidade de ranquear a empresa nos sites de busca. Na web, só é possível ganhar destaque quando o conteúdo está otimizado para SEO, com um trabalho intenso de marketing digital, incluindo a publicidade online. 

5. Gerenciamento dos canais digitais

O monitoramento dos canais digitais é importantíssimo. Com este trabalho, é possível identificar o interesse do público nas publicações, demonstrado em comentários, compartilhamentos e acessos ao site. Além disso, ao gerenciar os canais digitais, a agência de marketing de conteúdo para e-commerce consegue identificar oportunidades; ruídos de comunicação entre a marca e os clientes; reclamações e críticas que podem prejudicar a imagem da empresa; captar assuntos que estão bombando na internet e que podem ser explorados positivamente em ações de marketing de conteúdo; e controlar o orçamento destinado aos links patrocinados. 

A gestão dos canais digitais possibilita ajustes mais rápidos e assertivos para potencializar o posicionamento estratégico do e-commerce. Evita a perda de tempo e dinheiro porque o trabalho é planejado, monitorado e avaliado periodicamente. 

6. Análise de resultados

Como ressaltamos, no início deste artigo, a agência de marketing de conteúdo para e-commerce trabalha com planejamento. O plano contém metas e objetivos, estratégias e táticas para alcançar os resultados desejados. Mas, como saber se o trabalho está surtindo efeitos positivos para o negócio? Fazendo a análise de resultados. As plataformas (site, blog e mídias sociais) fornecem dados sobre o desempenho de cada publicação. Cabe à agência de marketing de conteúdo avaliar as informações e apresentar o relatório para o gestor da empresa. 

Os indicadores são imprescindíveis para mensurar os resultados de marketing. As métricas sociais mais importantes são: o alcance da publicação, o engajamento obtido e a quantidade de novos seguidores da marca. Mas para o negócio em si, as métricas de maior relevância estão relacionadas ao volume de vendas e faturamento.  Fazendo uma análise comparativa entre os resultados alcançados pelo marketing de conteúdo e as metas e objetivos definidos no plano inicial é possível calcular o ROI, ou seja, o retorno do investimento. 

O marketing de conteúdo sozinho não faz a empresa vender e faturar mais. É uma estratégia que potencializa as oportunidades de vendas porque está focada em atrair clientes em potencial para o negócio. Ela aumenta a presença da marca em redes de pesquisa, sites parceiros do Google (rede de displays) e mídias sociais. Os resultados de vendas dependem de outros fatores como a qualidade de atendimento, preços, condições de pagamento e logística. Contudo, com o marketing de conteúdo para e-commerce, o negócio ganha notoriedade junto ao mercado consumidor.  E, assim, fica mais fácil acelerar as vendas. 

Não existe fórmula mágica nem receita única de marketing digital. Existem diretrizes gerais, porém, para cada negócio é necessário elaborar um plano personalizado. 

Se você deseja obter uma proposta de marketing de conteúdo para e-commerce, consulte a MZclick Agência de Marketing Digital. Somos especialistas no assunto!  

Aumentar a taxa de conversão