Tenha uma boa leitura! =)

> Precisa da nossa ajuda? Conheça os serviços da agência de performance digital.

O marketing digital para e-commerce é vital para o sucesso do empreendimento. As estratégias de marketing digital aproximam a empresa do público-alvo, fortalecem a marca no mercado online, atraem mais visitantes para a loja virtual e abrem caminhos para impulsionar as vendas e o faturamento do e-commerce. A publicidade online é uma das ações táticas do plano de marketing digital para e-commerce. E uma das ferramentas mais utilizadas é o Google Ads para e-commerce

Google Ads é uma plataforma desenvolvida pela Google para a veiculação de publicidade online. Os anúncios ou links patrocinados para e-commerce, com texto, imagens e vídeos, podem ser distribuídos no Google Shopping, nas redes de pesquisa do Google e na rede de display, formada por sites afiliados à plataforma. 

Considerando a magnitude do Google, uma campanha de links patrocinados para e-commerce é poderosa. Pode render excelentes resultados para o negócio. Afinal, a maioria dos consumidores online inicia a pesquisa de produtos e serviços por meio do Google. Por isso, é importante que o e-commerce apareça com destaque na página de resultados e o anúncio seja exibido também em redes de pesquisa e displays do Google.  

O Google Ads para e-commerce pode ser utilizado com os seguintes objetivos:

  • Dar mais visibilidade à marca na web
  • Alcançar o público desejado para o negócio 
  • Gerar mais tráfego para a loja virtual
  • Promover o aplicativo do e-commerce
  • Impulsionar as vendas e o faturamento
  • Divulgar as ofertas e lançamentos de produtos e serviços 
  • Segmentar a publicidade
  • Gerar banco de dados para as ações de marketing 

Saiba onde os anúncios do Google Ads para e-commerce são exibidos

1. Google Shopping

Os links patrocinados para e-commerce no Google Shopping proporcionam excelentes resultados para as estratégias de vendas. Mas, ao criar o anúncio, é importante atender os parâmetros do Google quanto à clareza do conteúdo. Para otimizar o investimento, é recomendável publicar no Google Shopping links patrocinados dos itens mais vendáveis do portfólio do e-commerce. É melhor gastar com anúncios que tragam retorno mais rápido e gerem maior tráfego para a loja virtual. 

As informações que não podem faltar no anúncio: nome do produto, descrição, imagem e preço. Títulos mais específicos potencializam o link e ajudam a alcançar consumidores que estão na fase mais avançada da jornada de compras, ou seja, têm clareza das características e atributos do produto ou serviço que desejam adquirir. Portanto, ao invés de usar um título genérico (exemplo: tênis infantil) é melhor uma chamada mais específica e/ou com sentido de urgência para despertar a atenção (exemplo: tênis infantil branco promoção). 

2. Rede de Pesquisa Google

Como sabemos, o Google é a plataforma mais utilizada para pesquisas. O ponto de partida é a palavra-chave escolhida por alguém que deseja obter informações sobre um produto ou serviço, comparar preços, encontrar promoções e conhecer a opinião de outros consumidores. A primeira página de resultados do Google exibe links patrocinados e os sites considerados mais relevantes pelos robôs da plataforma. E é lá que o e-commerce precisa aparecer! Para isso, é necessário pesquisar quais são as palavras-chaves fortes para o negócio e as  mais utilizadas por consumidores que usam o Google. Alguém que busca uma loja de moda praia, poderia realizar a pesquisa utilizando, por exemplo, variações de palavras-chaves: moda praia, moda praia feminina, moda praia masculina, moda praia infantil, moda praia verão 2021, moda praia plus size, biquíni e maiôs. Daí a importância do planejamento de links patrocinados no Google Ads para e-commercce, com base em palavras-chaves.   

3. Rede de Display Google

A rede de display é formada por sites afiliados ao Google e é bastante utilizada em ações de remarketing.  Nesta estratégia, o link patrocinado é direcionado aos sites que publicam conteúdos relevantes para o público-alvo do e-commerce e possibilita a exibição de anúncios conforme o perfil do público que já visitou a loja virtual. 

Por exemplo, os links patrocinados de uma agência de viagens serão exibidos em sites e blogs que abordam temas relacionados ao turismo, lazer e viagens. Os links patrocinados na rede de display servem de estímulo aos consumidores que acessaram o e-commerce e aqueles que selecionaram algum item, porém, acabaram abandonando o carrinho de compras. O anúncio em redes de display do Google funciona como um “lembrete” para consumidores que não finalizaram a compra e aos clientes que fecharam negócio no passado. 

Quanto investir no Google Ads para e-commerce?

Neste planejamento, é importante considerar qual é a meta da campanha e o orçamento disponível. Entram no plano, o objetivo da ação, palavras-chaves escolhidas, nível de concorrência e segmentação de público, posicionamento do anúncio, entre outros pontos que são analisados pela agência de marketing digital para e-commerce ou gestor da empresa. De modo geral, as duas principais formas de planejar o investimento em Google Ads são:

1. Custo por Clique (CPC): Esta é a modalidade mais popular e utilizada quando o objetivo é potencializar as vendas. O valor do investimento é calculado pela quantidade de cliques no anúncio. Contudo, este custo é pré-definido, ou seja, o e-commerce decide, antes de iniciar a campanha, quantos cliques deseja obter no link patrocinado. Com isso, controla o valor que deseja investir.

2. Custo por Mil Visualizações (CPM): O valor é definido por mil visualizações do link patrocinado, ou seja, é necessário que o anúncio seja visto por mil pessoas (mesmo que elas não cliquem no anúncio). Por isso, esta estratégia é indicada com o objetivo de fortalecer a imagem da marca e não necessariamente para a conversão (vendas, por exemplo). 

O que contribui para os resultados positivos do Google Ads para e-commerce é o planejamento das ações, conhecimento e habilidade para utilizar a plataforma, gerenciamento e monitoramento de resultados dos links patrocinados. Sem isso, o e-commerce corre o risco de gastar dinheiro e não atingir os objetivos do negócio. 

Por esta razão, compensa solicitar a consultoria de uma agência de marketing digital para e-commerce, especializada em Google Ads, SEO, publicidade em mídias sociais e marketing de conteúdo, para consolidar o posicionamento estratégico, no universo online, e aumentar as oportunidades de vendas. O Google Ads é uma plataforma poderosa para turbinar o e-commerce, mas tem que ser usado da maneira correta. 

Deseja uma proposta personalizada para o seu e-commerce? Fale, agora mesmo, com a MZclick Agência de Marketing Digital. Aproveite a chance de impulsionar os negócios na web!  

Aumentar a taxa de conversão