Tenha uma boa leitura! =)

> Precisa da nossa ajuda? Conheça nossa agência de inbound marketing .

O marketing digital é um dos principais pilares do e-commerce. Tem a missão de analisar o mercado e definir ações para conquistar e fidelizar os clientes. Com a internet, o consumidor consegue fazer a pesquisa de mercado com mais rapidez e avaliar o nível de satisfação de quem comprou produtos ou contratou serviços no e-commerce, antes de tomar uma decisão. 

Por isso, é importante definir as estratégias adequadas de marketing digital para obter mais visibilidade frente à concorrência e fazer uma abordagem assertiva, em cada etapa da jornada de compras do consumidor.  É preciso conhecimento para utilizar as ferramentas de marketing digital para atrair, conquistar, fechar a venda e fidelizar os clientes. E este trabalho deve ser feito por agência de marketing digital focada em posicionamento estratégico na web. 

No marketing digital, uma das principais estratégias para alavancar as vendas e expandir os negócios é o inbound marketing para e-commerce. No universo online, a concorrência é muito mais acirrada porque o consumidor tem acesso às ofertas em qualquer parte do país. Daí a importância de delegar a profissionais qualificados a missão de elaborar um plano personalizado. 

O que é inbound marketing? 

Inbound marketing é uma estratégia de marketing digital para e-commerce e outras modalidades de negócios baseada na qualidade e continuidade da comunicação entre a marca e o público-alvo. Tem a missão de atrair o consumidor desejado para o negócio e fortalecer o relacionamento com os clientes que fecharam a compra ou contrataram o serviço. 

Os meios utilizados para o desenvolvimento do inbound marketing para e-commerce são os canais de comunicação digital, com a entrega de conteúdos relevantes, em consonância com as etapas do funil de vendas, ou seja, desde o primeiro acesso ao site, blog ou mídias sociais do e-commerce (Facebook, Instagram, LinkedIn, Youtube e outras), links e anúncios em sites de busca, até o pós-venda (fidelização e reativação de clientes). 

4 etapas essenciais do inbound marketing para e-commerce

1. Atrair

O inbound marketing tem a missão de chamar a atenção do público-alvo, estimulando-o a conhecer a loja virtual, produtos, serviços, ofertas e, obviamente, efetuar a compra. Alguns visitantes iniciam a busca, sem clareza sobre o que realmente precisam ou desejam. Outros têm objetivos definidos, porém, ainda estão na fase da consideração, ou seja, pesquisam as melhores soluções, ofertas de preços e condições de pagamento. E, por fim, o público que está pronto para tomar uma decisão. Por isso, é importante formatar os conteúdos para cada grupo de consumidores em potencial. 

2. Converter

Outro ponto fundamental do inbound marketing para e-commerce é converter o visitante em lead (consumidor em potencial), isto é, despertar o interesse desta pessoa em iniciar o relacionamento com a marca, fornecendo dados de contato para o recebimento de e-mail marketing ou newsletter, por exemplo; buscar mais informações via chat, correio eletrônico, comentários e mensagens em mídias sociais.

3.Fechar

Ao conquistar o interesse e a confiança do público-alvo é importante não perder a oportunidade de negócio para a empresa. As estratégias de inbound marketing para e-commerce possibilitam à marca estar mais presente na mente do consumidor e conduzir a jornada de compras até o fechamento da venda. 

4. Encantar

Qualidade no atendimento online e o pós-venda são indispensáveis ao e-commerce. E as ferramentas de inbound marketing possibilitam conhecimento e segmentação do público-alvo, pesquisa de opinião e satisfação, reativação da carteira de clientes por meio, por exemplo, de e-mail marketing. O cliente “encantado”, naturalmente, torna-se um promotor da marca, repercutindo, na rede de contatos, a experiência positiva com a empresa. 

5 razões para investir em inbound marketing

1. Visibilidade e alcance

As estratégias e táticas de inbound marketing proporcionam mais visibilidade e destaque ao negócio. Além disso, conforme o perfil do empreendimento, é possível alcançar consumidores no Brasil e no mundo, com campanhas segmentadas, dirigidas ao público desejado. 

2. Proximidade com clientes

A web possibilita 24 horas de conexão nos 365 dias do ano. O inbound marketing para e-commerce aproxima a marca do mercado consumidor, desde que as ações sejam planejadas e executadas profissionalmente para marcar presença no universo digital, com foco nas plataformas mais usadas pelo público-alvo.  

3. Redução de custos

Como as estratégias de inbound marketing são digitais, o valor de investimento é menor, em comparação à mídia tradicional (rádio, televisão, jornal, revista, outdoor) porém, o alcance é mais amplo, instantâneo e pode ser atualizado com frequência, sem estourar o orçamento. 

4. Ciclo de vendas rápido

O inbound marketing possibilita otimizar o ciclo de vendas. Ao identificar consumidores engajados com a marca, interessados em conhecer as soluções para o que busca (necessidades ou desejos), é possível intensificar o fluxo de conteúdos da marca (artigos, e-books, e-mail marketing, anúncios, links patrocinados, entre outros) para acelerar a tomada de decisão. 

5. Maior ticket médio

Com as ferramentas de inbound marketing a empresa consegue atingir consumidores com alto potencial de compra, aumentando a chance de fechar vendas mais vantajosas para a empresa. Isto possibilita a evolução do ticket médio do e-commerce, ou seja, fechar negócios com clientes que gastam mais, com maior frequência, e são promotores da marca.  

11 ferramentas de inbound marketing para e-commerce

1. Site

No e-commerce, a qualidade do site é vital. Se o visitante encontrar qualquer dificuldade, acaba desistindo e buscando outra empresa. Daí a importância de construir um ambiente virtual organizado, responsivo (adaptável aos dispositivos móveis), intuitivo, visualmente atrativo e com informações completas sobre os produtos, serviços, preços, condições de pagamento, prazos de entrega, trocas e devoluções, política de privacidade e proteção de dados. 

2. Blog

O blog é um meio de comunicação estratégico para atrair o público-alvo. Para isso, é necessário entregar conteúdos relevantes ao consumidor que busca conhecimento, soluções e suporte especializado. Os artigos podem ser enriquecidos com vídeos, artes gráficas e áudios. Por fim, o blog tem a função de gerar tráfego para o site e estimular a aquisição de produtos e serviços.

3. Mídias Sociais

Não é necessário marcar presença em todas as mídias sociais, mas identificar aquelas que são mais utilizadas pelo público-alvo do negócio. As mídias sociais ampliam a interatividade entre a marca e o mercado consumidor. Mas é importante produzir conteúdo atrativo, monitorar os comentários e analisar os resultados em relação às vendas e ao relacionamento com os clientes. A gestão de mídias sociais é imprescindível!

4. Marketing de conteúdo

A finalidade do marketing de conteúdo é consolidar o posicionamento estratégico da marca, a partir da entrega de conteúdos relevantes, que agregam conhecimentos ao público-alvo, aumentam a notoriedade do negócio e ajudam a manter uma comunicação assertiva com o mercado consumidor. O uso de palavras-chaves ajuda a ranquear os conteúdos em sites (Google) de busca e a inclusão de CTA (call-to-action ou chamada para ação) é um recurso que pode direcionar o público ao site do e-commerce. 

5. Técnicas de SEO

Para obter destaque em sites de busca como o Google, o maior do mundo, é preciso utilizar as técnicas de SEO para colocar o negócio na primeira página de resultados. Dessa forma, aumenta a chance de atrair mais visitantes para o site, blog e mídias sociais da empresa. Além disso, o SEO impulsiona o ranqueamento orgânico no Google, sem a necessidade de um investimento alto em publicidade digital. 

6. E-mail marketing

Esta é uma ferramenta muito usada no e-commerce para divulgar conteúdos associados ao negócio, promover vendas, pesquisar a opinião do consumidor, reativar a carteira de clientes. É possível automatizar o envio segmentado de e-mail marketing para obter melhores resultados, monitorar a taxa de abertura e mensurar o feedback periodicamente. 

7. E-book

A finalidade deste livro digital é disponibilizar conhecimento ao público-alvo e, assim, conquistar credibilidade, confiança e interesse em manter o relacionamento com a marca. O objetivo é educar o público sobre algum tema relacionado ao negócio, obviamente. Ao reconhecer a autoridade da marca, o público sente-se mais propenso a fechar negócios.  

8. Landing Page

Este material pode ser usado para promover um e-book, divulgar uma campanha promocional, destacar um produto ou serviço, apresentar uma oferta relâmpago, entre outras ações.

9. Vídeos

Filmes institucionais, comerciais, tutoriais, com mensagens positivas, enriquecem os canais digitais do e-commerce e fortalecem as estratégias de inbound marketing. Vídeos de qualidade impulsionam o engajamento e compartilhamentos nas redes sociais. 

10. Webinar

Ao identificar temas de interesse do público-alvo, alinhados ao negócio, é possível produzir videoconferências de qualidade para atrair audiência qualificada (clientes em potencial) para os canais digitais do e-commerce. 

11. Publicidade online

Anúncios no Google Ads, Facebook, Instagram, Youtube, marketplaces, sites parceiros e e-mail marketing podem gerar excelentes oportunidades de vendas, desde que este trabalho seja planejado e direcionado ao público-alvo do negócio. Contudo, as campanhas devem ser bem planejadas e gerenciadas para não consumir a verba, sem gerar resultados. 

As ferramentas de inbound marketing para e-commerce proporcionam visibilidade à marca e podem gerar mais vendas. Com planejamento estratégico e conhecimento de marketing digital, é possível explorar todas as oportunidades de negócios e vender mais. 

Agora que você entendeu a importância do inbound marketing para e-commerce, conheça os planos de marketing digital da agência MZclick.   

Aumentar a taxa de conversão