Google Ads x Google Adwords

A partir do dia 24 de julho de 2018, o Google AdWords terá um novo nome: Google Ads! Como símbolo dessa mudança, a experiência antiga do AdWords será migrada completamente para a nova experiência do Google Ads. O foco principal da nova experiência do Google Ads é ajudar os anunciantes a alcançarem seus objetivos de marketing de uma maneira mais rápida, garantindo uma navegação mais simples e funcionalidades exclusivas.

Mas, o que de fato vai mudar com a nova experiência do Google Ads? Quais recursos não estão disponíveis na nova experiência? Quais recursos serão exclusividade da nova experiência? Quais as vantagens do novo Google Ads? E quais são as principais diferenças entre o Google AdWords e o novo Google Ads? Ao longo deste artigo vamos responder essas perguntas que permeiam sobre essa mudança.

Vantagem vs. Desvantagem do Google Ads

A nova experiência do Google Ads tem algumas vantagens que valem a pena ser consideradas. A primeira delas, claro, é a inclusão de recursos exclusivos, ponto que será mais detalhado a seguir. Através da nova experiência, será possível criar e otimizar suas campanhas com base nas metas exclusivas do seu negócio. Com uma navegação mais rápida e simples, você economiza tempo e consegue produzir mais.

Entretanto, uma desvantagem é que grande parte das alterações que podem ser aplicadas nos relatórios do Google AdWords anterior não permanecerão na nova experiência do Google Ads, um exemplo disso são as regras automatizadas. Sendo assim, o ideal é que já aplique essas alterações direto na nova experiência.

Diferenças entre os Recursos

Google Ads x Google Adwords
Google Ads x Google Adwords

Dentre os principais recursos do Google AdWords, separamos alguns que sofreram alterações com a mudança para a nova experiência do Google Ads.

Valor total de conversão – A partir da nova experiência, essa métrica passou a se chamar “valor de conversão”.

Campanhas de Pesquisa com exibição em Display – A principal mudança nesta funcionalidade é que não será mais permitido criar anúncios gráficos nessa modalidade de campanha, no lugar desses anúncios, você poderá incluir anúncios responsivos. Além disso, para criar uma campanha de pesquisa com exibição em Display, você deverá começar criando uma campanha de pesquisa e, dentro das configurações da campanha, terá a opção de “Adicionar Rede de Display”.

Acompanhamento de conversões – Se pretende acompanhar as metas definidas no Google Analytics, você precisará criar uma nova ação de conversão e importar essas metas no formato de conversões. Além disso, se pretende acompanhar quais páginas da web realmente geraram conversões, terá que acessar a aba “Ações de conversão”, selecionar a meta que deseja acompanhar (desde que esteja configurada como conversão no acompanhamento) e, por fim, selecionar “Páginas da Web”.

Campanha do Gmail – Assim como a opção de criar uma campanha de pesquisa com exibição em Display, essa opção passou a ser disponibilizada dentro das configurações de uma campanha. Nesse caso, ao criar uma campanha de Display, você poderá selecionar a opção “Campanha do Gmail”.

Planejador da Rede de Display – Essa ferramenta não será mais uma ferramenta a parte, ou seja, uma ferramenta independente. Agora, será possível ver as estimativas de desempenho no momento em que está criando uma campanha da Rede de Display.

Relatórios de “Dimensões” – A partir de agora, esses relatórios serão chamados de “Relatórios predefinidos” e estarão disponíveis no ícone de relatórios.

Segmentações – As opções de segmentações também receberam novos nomes. A opção “Somente lance” recebeu o nome de “Observações” e, a opção “Segmentação e lances” ficou com o nome de “Segmentação”.

Galeria de anúncios – Assim como o Planejador da Rede de Display, essa ferramenta não será mais independente. Você poderá criar anúncios do Gmail, responsivos e lightbox dentro de uma campanha de Display.

Lista de público-alvo – Na mesma linha da maioria das ferramentas comentadas acima, será possível aplicar essa opção durante a criação de uma campanha, mas neste caso em específico, será possível durante a criação de uma campanha da rede de pesquisa.

Recursos Exclusivos do Google Ads

Além dos recursos que listamos acima, a nova experiência do Google Ads apresenta alguns recursos exclusivos que não faziam parte da versão anterior do Google AdWords.

Otimização da conta – Com o novo recurso na página “Visão Geral” você pode acessar novidades e sugestões personalizadas pelo Google para melhorar o desempenho da sua conta e das suas campanhas.

Criação de anúncios – Para facilitar o processo de criação de anúncios e melhorar o desempenho dos anúncios, a nova experiência do Google Ads traz três novos recursos. O primeiro deles, é a opção de criar extensões de promoção, onde você pode destacar as principais ofertas junto aos seus anúncios. Além disso, um outro recurso exclusivo da nova experiência é a opção de Variações de Anúncios, com isso você pode testar de forma simples as variações dos seus anúncios, podendo focar nas variações que trouxeram melhores resultados. Por fim, o novo recurso “Histórico de versões de anúncios” permite que você veja o desempenho das versões anteriores dos seus anúncios.

Lances – Dentro das opções de lances da nova experiência foram adicionadas as opções de ajuste de lances para chamadas, onde você pode ajustar os lances para dar maior visibilidade para as extensões de chamada, e lance de CPA desejado para campanhas de aplicativos, seguindo a mesma premissa do lance de CPA desejado, mas com foco nas campanhas de aplicativos.

Acompanhamento de conversões – Na nova experiência do Google Ads, o acompanhamento de conversões está mais rápido, simples e preciso, oferecendo uma integração mais fácil com o Google Analytics.

Público-alvo – Um novo recurso é o “Gerenciador de públicos-alvo”, com ele você consegue unificar as segmentações para as campanhas da Rede de Display e também as listas de remarketing para as campanhas da Rede de Pesquisa.

Shopping
– Agora é possível trabalhar com campanhas de Shopping otimizadas para metas, conseguindo maximizar o valor das conversões para essas campanhas.

Vídeo – Com a nova experiência do Google Ads você consegue aumentar o alcance das suas campanhas de vídeo além do YouTube e também aumentar o número de conversões adicionando CTAs (calls-to-action) nos anúncios de vídeo.

Criando campanhas no Google Ads

A criação de campanhas na nova experiência do Google Ads também sofreu alterações. Agora, o primeiro passo é selecionar uma meta para a campanha que está sendo criada. Após isso, você verá as opções de configurações com base na meta que definiu para essa campanha.

Sendo assim, a meta se tornou o ponto de partida para a criação de uma campanha. Entretanto, independentemente da meta escolhida, você terá acesso a todas as opções de configuração das campanhas e é possível alterar a meta de determinada campanha sempre que precisar.

Por mais que o Google sempre faça alterações nas suas ferramentas com o intuito de facilitar o processo para os anunciantes, definir boas estratégias de campanhas no Google Ads pode ser mais complicado do que parece e, para isso, a MZclick é especialista em Links Patrocinados e pode aplicar a melhor estratégia para você anunciar no Google de acordo com o seu negócio e o seu objetivo de marketing.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *