Google Alerts

Os mecanismos de busca trazem uma infinidade de informações para os usuários. Por mais que você não seja um perito em buscas na internet, o Google Alerts é uma ferramenta que te ajudará a inspecionar os termos chave que tenham relação com seu negócio.

Desde 2003 essa ferramenta está disponível gratuitamente, com o recurso de enviar e-mails para os usuários quando encontra um novo resultado envolvendo os termos os quais o usuário deseja acompanhar.

Sempre que alguma notícia, post de blog, estudo ou outro tipo de conteúdo for publicado na internet sobre o termo “links patrocinados”, por exemplo, você receberá um e-mail de notificação.

Entendendo o Google Alerts

Para criar um alerta, é preciso realizar um login em sua conta do Google e ir até a página: https://www.google.com/alerts

Entendendo o Google Alerts

Nesta página, temos duas alternativas: a opção de “Meus alertas”, na qual você pode editar os alertas já criados, definindo o horário que deseja recebê-los por e-mail.

E também é possível marcar a opção “Digest” que entrega as novidades relativas ao alerta criado em um único e-mail nas frequências de “no máximo uma vez por dia” e “no máximo uma vez por semana”.

Notificações Google Alerts

O campo de “Eu na web”, fornece a opção de criar um alerta para acompanhar seu próprio nome ou e-mail já cadastrados na conta Google. Isso pode ser feito clicando no “+”.

Alerta Google Alerts

Por fim o Google Alerts também fornece o setor de “Sugestões de alertas”, que oferece ideias de empresas, finanças, música, filme, política, esportes, tecnologia, TV, saúde, automóveis e programação com temas que são tendências na atualidade e com os quais você pode criar um alerta com apenas um clique.

Sugestões Google Alerts

Como criar um novo alerta?

Para criar um novo alerta, digite na área de busca o termo que deseja. Nesse caso, usaremos o exemplo de “marketing digital”.

Criar um alerta no Google Alerts

Nas opções para definir seu alerta, você pode selecionar:

Frequência com que deseja recebê-los: as opções oferecidas são “Quando disponível”, “No máximo uma vez por dia” ou “No máximo uma vez por semana”;
Fontes: você pode deixar no modo “Automático” se desejar receber fontes de qualquer meio ou optar entre notícias, blogs, web, vídeos, livros e discussões;
Idioma;
Região: país em que o conteúdo foi publicado;
Quantos: você pode definir se quer ver todos os últimos resultados ou apenas os melhores resultados de acordo com o que foi buscado;
Enviar para: endereço de e-mail para onde o alerta será enviado;

Feito isso, é só criar o alerta.

A ferramenta também exibe os últimos resultados indexados para o termo pesquisado.

Criar um alerta é mais fácil do que parece, não é? Um simples recurso que pode te oferecer ideias sobre conteúdos, acompanhar notícias que são lançadas sobre sua marca, ver o que concorrência anda fazendo e muito mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *