SEO Semântico

Apresentar uma mera listagem dos produtos, acompanhada por uma descrição sucinta já não é mais uma estratégia expressiva de otimização de e-commerce’s. Com as últimas mudanças nos algoritmos do Google, a experiência do usuário tornou-se o grande enfoque nas buscas orgânicas e é exatamente por isso, que a semântica deve ser o novo paradigma na criação de conteúdo e inserção de palavras-wchave.

Para entender melhor essa mudança, basta analisar a própria evolução tecnológica e traçar alguns paralelos. Com a implementação de tecnologias cada vez mais avançadas, a tendência natural é que as buscas sejam ativadas por comandos de voz – tanto nos computadores quanto em dispositivos móveis – ao invés de simples palavras digitadas no teclado.

O alcance de uma otimização fundamentada em semântica, requer a compreensão do conceito de “entidade”. Trata-se de uma nova perspectiva do SEO, onde quaisquer produtos, serviços, empresas, pessoas, eventos, lugares, ideias, filmes e inúmeras outras coisas podem ser pesquisados pelo internauta e, nem sempre, com termos pontuais, mas, ao invés disso com vocabulário coloquial, quase como em uma conversa com o computador.

Como o objetivo do Google é interpretar corretamente cada contexto de busca, é necessário fazer uma verdadeira conexão com atributos e entidades, durante as pesquisas, ampliando os resultados para o usuário. E é aí que entra o SEO semântico, para gerar respostas relevantes mesmo quando as palavras da busca não contenham palavras-chaves Ou seja, o resultado irá considerar o valor do conteúdo em totalidade com a relação semântica.

Para ilustrar, suponhamos que o termo da pesquisa seja “maquiagem”. Imediatamente, o Google assume que maquiagem pode ser batom, pó compacto, blush, sombra, cursos, técnicas de aplicação, dentre outras possibilidades, e realiza uma marcação de dados estruturados capaz de fomentar respostas significativas.

O segredo está em traçar estratégias sob essa nova ótica de interpretação, alinhando-se ao poder de “adivinhação” dos crawlers do Google, que adquiriram a incrível capacidade compreender sequências de consultas como “mostre-me um curso de maquiagem” ou “mostre-me fotos de batons pink”.

Enfim, não restam dúvidas de que tais estratégias só irão atingir resultados reais com um excelente plano de SEO Semântico e conteúdo. Portanto, trilhe um caminho que relacione contexto e intenção do usuário, utilizando termos chaves e materiais informativos para enriquecer as pesquisas do Google e alcançar excelentes posições de busca.

Conheça nosso curso de SEO e aprenda mais sobre otimização de sites para mecanismos de buscas.

Dúvidas? Pergunte a um especialista!

melhor-curso-seo

6 opiniões sobre “SEO Semântico: Aproveitando a semântica para vender mais”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *