Preço: Saiba se colocar no mercado

O principal elemento atrelado ao seu lucro: o preço do seu produto. Como você tem estabelecido essa precificação?

A preocupação com o aumento do faturamento faz com que muitas vezes os empreendedores decidam elevar os números e acabar perdendo o foco da satisfação do cliente. Essa, inclusive, é uma estratégia que tende a ser destinada ao fracasso: aumentar excessivamente o preço dos seus produtos em busca de lucro, só fará com que o seu cliente passe a procurar um concorrente com um preço mais justo.

Como definir o preço de venda?

• Você precisa satisfazer o consumidor
É necessário que o preço se ajuste às condições de seu cliente, para mantê-lo comprando com você.

• Ajustar ao público-alvo
Seu preço é uma espécie de cartão de visita, ou seja, ele também serve para mostrar ao mercado para que tipo de consumidor você deseja vender.

• Enfrentar a concorrência
Você precisa se manter competitivo no mercado. Valores exorbitantes ou muito abaixo da média são prejudiciais para seu posicionamento.

Como acertar na precificação dos produtos?

Custos X Faturamento

Antes de mais nada você precisa conhecer todos os custos e despesas que envolvem a produção do mesmo. Lembre-se que o retorno do seu produto deve suprir todo o investimento realizado para que ele fosse desenvolvido. Muitos gestores pecam em definir valores inferiores para os seus produtos, na tentativa de vender mais, e se surpreendem quando mesmo vendendo em boa quantidade, as dívidas acabam se acumulando e o caixa vai para o vermelho.

Falamos que o retorno do produto deve suprir o investimento que foi necessário para desenvolvê-lo, mas não é só isso. É claro que além de cobrir todas as despesas, suas vendas devem gerar lucro para o seu negócio. O lucro nada mais é que a diferença entre o faturamento gerado pelas vendas e os custos que ela demandou.

Mercado

Mencionado anteriormente, reforçamos que não se pode esquecer do cenário mercadológico. O seu preço de venda precisa estar compatível com as exigências do mercado, não se colocando muito além dos seus concorrentes (seja superior, ou inferiormente). A guerra de preços é uma estratégia bastante utilizada, mas que deve ser considerada com sabedoria, pois a falência é um dos principais destinos de quem segue esse caminho com frequência.

Equilíbrio

O mais importante nessa fase de precificação é buscar o equilíbrio. Esteja sempre atento às variações do mercado, observe o andamento do faturamento da sua empresa, fique de olho nos concorrentes, e claro, preocupe-se sempre em oferecer qualidade seja no seu produto ou serviço, esse fator é fundamental para manter o cliente comprando com você.

[rev_slider cta-aumentar-vendas]

cliente-fiel-marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *