Varejo personalizado: Entenda o que é

Uma transição de conceitos é notável no varejo online há alguns anos. Se antes o objetivo era segmentar o público-alvo, criando estratégias que consideram o comportamento de compra e preferências de grandes grupos, atualmente a personalização e a busca por abordagens cada vez mais individualizadas tornou-se o cerne do marketing e relacionamento com o cliente.

A princípio, a ideia parte da busca por informações preciosas sobre os clientes em potencial, incluindo suas preferências, produtos mais desejados ? seguindo seus “rastros” na internet, por exemplo ? materiais pelos quais ele se interessaria e canais de comunicação mais utilizados. É com esse “mix” de detalhes que a loja poderá oferecer uma oferta totalmente personalizada e, evidentemente, com maiores chances de retorno positivo.

Respeitando as características do cliente

Não é apenas pelas “vias filosóficas” que o indivíduo é visto como único. No marketing essa ideia também é válida, pelo menos no que tange às particularidades do estilo de vida, tendências adotadas, renda, necessidades para se suprir, dentre outras questões que irão definir o perfil de consumo.

Para descobrir tais particularidades as lojas online precisam se engajar em um relacionamento próximo com o seu cliente, interagindo por meio de newsletters,respondendo às dúvidas por e-mail, chat ou telefone, dentre outras formas de atendimento individualizado.

Conteúdos personalizados

Como as campanhas de marketing no varejo online estão cada vez mais atreladas ao conteúdo textual e audiovisual, é essencial incluir o conceito de personalização no momento de produzir esses materiais. De acordo com um levantamento da Forrester Research, audiência consumirá cerca de três artigos em um site e passará mais tempo naquele que considera de maior relevância.

Para alcançar tal relevância é importante criar conteúdos capazes de gerar uma experiência positiva a compradores específicos, ou seja, com perfis de compra já delineados por meio das informações extraídas em redes sociais, comentários do blog, retornos de newsletters e nas outras ações de “aproximação”.

Por último, cabe ressaltar que a personalização no varejo online também pode fazer parte das campanhas de AdWords, SEO e Mídias Sociais, traçando assim planejamentos assertivos de conversão.

Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos?
[rev_slider cta-cliente-fiel]

quanto-custa-marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *